terça-feira, 12 de outubro de 2010

Autópsia...




-Nome: Desconhecido

Idade: Do corpo aproximadamente vinte anos; de sabedoria aproximadamente mil e duzentos anos; de vivência mal passou dos quatro anos...

Cor: Pele pálida, olhos castanhos, nariz vermelho e olheiras cor de ébano.

Achado em: Duas nuvens cor de rosa.

Roupas e objetos achados no local: Um smoking impecavelmente branco e uma bengala de ébano.

No corpo tatuado havia a mensagem: Deixe seu recado após o sinal...

Nos pulmões: Vestígios de fumaça vermelha, não se sabe ainda se vem do inferno ou se era apenas nuvens do por do sol.

Nos cabelos: Folhas de cerejeira provenientes não se sabe como diretamente de terras orientais.

Nas unhas: Melado de bala de alcaçuz.

No estômago: Meio litro de néctar doado da abelha rainha.

No peito: Um coração que ainda pulsava estranhamente quente.

No crânio: Mil poemas, mil crônicas, mil paixões e mil derrotas.

Cremado no dia seguinte havia todo tipo de pássaro sobrevoando sua fornalha. A fumaça cheirava a rosas, não se sabe ao certo se era seu corpo que tinha tal propriedade ou se era este o cheiro de alma quando se liberta da vida...

Diagnóstico?

Causa Mortis: Tédio-

Nenhum comentário:

Postar um comentário