segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Quem é estranho?


Quem afinal de contas é estranho?

Porque me olha tanto?

Seria culpa de meu cabelo que não é grande nem pequeno?
Será que é por minha bela camisa social,
que contrasta perfeitamente com meus chinelos de dedo?

Me olha torto por eu não ter medo de ficar descabelado
e insistir tanto em mexer em meus cachos?
pois além de ser bom ainda garante certo charme...

Porque raios eu tenho de ficar de pé no metrô?
se tem vários cantos onde eu posso me sentar!

Alguém por acaso te obrigou a comprar essas suas calças justas?
esse tênis colorido, esse sapato apertado?
Essa camiseta que (supostamente) quanto maior for o logo da marca
mais (supostamente) legal você é?

Me julga mal por levar uma árvore pendurada na mochila,
e se julga bom por levar essa maleta embaixo do braço?

Quem foi o idiota que inventou que gravata é bonito?

No final das contas me pergunto eu:
Quem é estranho?









Escrito no melhor estilo "old times", sentado no chão do vagão do metrô, com belos chinelos de dedo em pleno horário de pico...

Nenhum comentário:

Postar um comentário