segunda-feira, 21 de novembro de 2011

O Sábio Sabiá.

O sábio Sabiá!
Assobiava sabedoria.

Perguntei a majestade o Sabiá:

"Como faço para ela sentir o mesmo que sinto?"

O sábio Sabiá piscou seus profundos olhinhos negros e cantou:

"Carcará! Pega, mata e come!
Carcará! Só não vai morrer de fome!"

Nenhum comentário:

Postar um comentário