segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Poeta rockstar.


Não quero voltar aqui.
jamais...
"é só um canto imundo Rhafael!"

Ah, esse amor grunge.
Me mata?
Me mata!
Me mata.
Me mata...
É sério!
Me mata, por favor!

Dane-se!

Vai tomar essa garrafa ai?
Passa ela para cá
e vê se me deixa com as minhas vozes!

Acho que sou um péssimo suicida,
não quero findar minha vida,
só queria findar essas dores todas...

Um poeta rockstar,
triste demais para um romance,
sóbrio demais para o bom e velho rock and roll.

Nenhum comentário:

Postar um comentário