terça-feira, 11 de setembro de 2012

Na beira do mar.

Escrevi um poema na beira do mar.
Era pra ela, só pra ela.
A onda apagou, Iemanjá que levou.
Não tem problema, era pra ela, só para ela.

Nenhum comentário:

Postar um comentário