domingo, 3 de março de 2013

Putinha II


Noite mais
Via seus medos fatais.
Noite menos
A humanidade perdemos.

Enquanto isso no Bordel da Boa Esperança...

Teu cliente novo a comprava
Com vigor a estuprava
De Putinha lhe chamava
Sua cara pisava
Em seu útero gozava
E como a boa putinha que é
Chorava, chorava e chorava.

Nenhum comentário:

Postar um comentário