domingo, 28 de abril de 2013

Vendo-me.



Vendo: Um poeta cheio de carinho. 
Um escritor cheio de melancolia. 
Um palhaço que usa a máscara para disfarçar tudo isso. 

Semi-novo, 
apesar do pouco uso está um pouco desgastado,
 precisa de trocar as baterias.
 Veio com um péssimo design, por isso faz pouco sucesso no mercado. 

Pagamento via esmola de compaixão 
ou via interesse verdadeiro.

 Negociar em qualquer mesa de bar.

segunda-feira, 22 de abril de 2013

E vocês sempre vão acabar indo embora
falando que sabem que eu vou ficar bem.
Vocês nunca arriscaram a ficar para me ver bem,
e não arriscaram voltar para me ver mal.

domingo, 21 de abril de 2013

Um dia desses,
sem aviso,
meto um tiro no nariz
e outro no céu da boca.
Só pra ver de perto se o inferno é tudo isso que dizem.