terça-feira, 27 de agosto de 2013

Só sei amar as loiras.


Será que essa loira não percebe o quanto a amo?
Que fico louco longe dela e fico louco junto a ela?

Será que essa loirinha não se toca?
Quanto mais fria comigo
mais comento com meu amigo
Eita loirinha danada pra mexer com a cabeça de um poeta.

Ah, loira das curvas bem definidas!

Suada, suada nos dias quentes
levada, levada das mãos aos dentes!

Diabo de pescocinho com colarinho branco
Loirinha filha do diabo com o campo
Descalça, de chinelos e há quem te aprecie de tamanco.

Garçom: Traga uma camisinha!
Vou querer bem gelada minha cervejinha!

Nenhum comentário:

Postar um comentário