segunda-feira, 12 de agosto de 2013

We all are creeps.


Partindo da mesma merda de pressuposto
somos vermes no fundo de um poço,
Roendo suas entranhas lambendo até o osso.

"I'm a creep
i'm a weirdo"

Fora do padrão
pequenas filhas da solidão
Vida sem padrão, patrão ou perdão.

"What the hell i'm doing here?"

Percebi
o verme é o que mais sorry.

"I don't belong here"
Nem eu, querido Thom. Nem eu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário