segunda-feira, 16 de setembro de 2013

KM 9

Amo me perder!

Encontro cada coisa no meio do caminho.
Mesmo sabendo que tenho de as abandonar no fim do dia, 
está tudo bem! 

Pudemos viver isso por um momento e demos tudo de si,
creio que cinco minutos de tudo valem mais do que muitos anos de nada.

E é por isso que continuo me perdendo,
marinheiro sem bussola,
Pierrot sem máscara,
depressivo insaciável sem remédios,
e principalmente apenas mais um metido a poeta sequer tendo uma musa.

Não uma musa,
apenas todas elas!
Minhas preciosas musas de beira de estrada.


Nenhum comentário:

Postar um comentário