sábado, 7 de setembro de 2013

Sobre mulheres fortes.


Mulheres fortes
nos braços de homens fracos
com mãos fortes.

Nunca vou entender
essas relações tão desequilibradas.

Digo,
não faz o menor sentido!
Mulheres com "quê" de rainha
dando:
mãos;
corações;
tempo; atenção e prazer
para moços cheios de uma beleza
 tão vazia
que transforma a virtude
em mera ofensa cretina.

Quando mais jovem
achei tratar-se de controle sobre o espécime mais fraco (no caso, menos sábio)
Eis que envelheci
constatei tratar-se de bons puxões de cabelo,
tapas estalados na bunda
e doses de impropérios terminados em:
"Você gosta, não é? Sua vagabunda!"

Nenhum comentário:

Postar um comentário